quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Lobisomens e Licantropia segundo ex-satanista

O que é um lobisomem?

Bem, um lobisomem é um indivíduo em geral — o termo técnico é uma licantropia — mutante, algo que se transformou. Costuma se tratar de um indivíduo muito elevado na magia negra e que alcançou uma quantidade incrível de possessão demoníaca. 

Em outras palavras, são possessões de altíssimo nível feitas por demônios. E esses indivíduos têm a capacidade de se transformarem, quando bem querem, de um ser humano normal em uma gigantesca figura com aparência de lobo com cerca de 2,5m de altura e 140kg e que pode arrancar de uma vez sua cabeça.

Segundo sua própria experiência, eles existem mesmo?

Sim, claro que existem. Quando eu estava na Irmandade de Satanás, me disseram que esse era basicamente o grupo de extermínio da Irmandade. Quando queriam matar alguém, de forma rápida e desordenada, enviavam um dos seus lobisomens assassinos e faziam o assassinato parecer um ataque causado por uma matilha de animais selvagens. 

E tivemos muitos casos nos quais as pessoas foram... eu particularmente nunca vi um lobisomem. Já vi pessoas se transformando em outros animais, mas não em um lobo. Mas minha esposa já viu. 

E outras pessoas com quem já tivemos contato também. Acho que a história mais evidente disso e mais perto de mim quando eu estava em um ministério cristão e fui até Salt Lake fazer uma conferência e minha esposa ficou sozinha nas instalações do nosso ministério em Seattle. Era um lugar muito isolado. 

E aconteceu que, graças a Yahweh, a irmã dela estava junto, e as duas eram cristãs. O estranho foi que havíamos acabado de mudar para esse lugar e não havia tranca nas portas, porque estávamos no meio do nada, quero dizer, ninguém iria aparecer. 

Mas, de repente, se tornou necessário que trancássemos as portas, mas não havia nenhuma tranca, e elas começaram a ouvir o que parecia ser um tigre, ou algo assim, rondando a casa. 

A não ser pelo fato de que as pegadas eram audíveis, e você não costuma ouvir as pegadas de um tigre. PHOOMP... PHOOMP... Foi como o tiranossauro-rex do filme “O Parque dos Dinossauros”. Elas não sabiam o que poderia ser. Era uma casa de dois andares e a sala de estar ficava no segundo andar. 

Minha esposa abriu a janela e havia algo encarando-a, a quase três metros do chão. Eram grandes olhos vermelhos. Enormes. Ela não conseguiu ver mais nada — só um vulto — porque só havia uma lâmpada noturna a 100 metros. O que quer que fosse, era escuro e enorme. 

E ficou rodeando a casa. Elas começaram a orar fervorosamente, pedindo a cobertura do sangue do Cordeiro sobre a casa. E a coisa não conseguia entrar. Até que finalmente foi embora. Mas ficaram enormes pegadas, que puderam ser vistas no chão no dia seguinte. As patas pareciam ter três dedos na frente e outro atrás, e tinha o formato de um arco.

Bem, se é algo físico, porque não conseguiu entrar na casa?

Bem, porque apesar de ser uma criatura física, o poder que permite isso é totalmente demoníaco. É algo capacitado por demônios. E os demônios temem o nome de Jesus e o Seu sangue. 

Então não conseguiriam entrar, principalmente porque estivemos orando por aquela propriedade por anos. Quero dizer, ali havia sido um ministério cristão por quase uma geração. Então o poder de Deus é tão grande que a criatura acabou desistindo e foi embora.

Que bom! Pode contar algumas outras histórias de lobisomens?

Tem outra parecida. Tínhamos uma moça que veio até nós porque estava precisando de libertação. Ela havia acabado de se separar do marido, que, veja só, era um bispo mórmon. 

E ela havia descoberto depois do casamento, logo depois mesmo, que ele era um lobisomem, e era também um piloto de avião. Era o que ele fazia para viver. Consegue imaginar um lobisomem pilotando um avião? Era o que acontecia.

Meu Deus!

E ele acabou violentando-a quando era um lobisomem. E ela tinha as cicatrizes para provar. E também tinha o bebê para provar. Então ela veio até o nosso ministério e estava tão assustada que tivemos que ir encontrá-la em outra cidade, porque, por incrível que pareça, eles viviam um pouco acima da colina onde vivíamos. Pode ter sido ele o lobisomem que esteve rondando nossa casa três anos antes. 

Não sabemos. Porque não consigo imaginar que haja muitos lobisomens naquela pequena cidade. E, de alguma forma, ela havia conseguido fugir dele, mas tinha um marido que era um lobisomem. E outra coisa aconteceu, novamente não comigo, mas com um colega, Ed Decker. Ele havia viajado para o campo missionário pela JOCUM (Jovens com uma missão) em Tonga ou Samora (ilhas do oceano pacífico), uma das duas, e estava pregando contra o mormonismo. E um bispo mórmon veio e começou a criticá-lo. Um homem de meia idade, mas de Samora, um homem grande. 

E ele estava repreendendo os preletores para que parassem de pregar contra a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e ficou tão irritado que foi possível você ouvir seus ossos e o seu rosto começarem a estalar, crack... crack.. E seu rosto começou a mudar e ele começou a crescer um focinho e a ficar enorme a ponto de suas roupas se rasgarem. Ele se tornou um homem-orangotango, um macaco gigante. 

E meu amigo Ed olhou para um amigo seu que era o líder da JOCUM e disse: “Está acreditando nisso?!” E ele acabou se tornando um gorila ou algo assim. Quero dizer, rugia bem alto e ia ficando cada vez maior. Então Ed olhou para ele e disse: “Em nome de Jesus, eu te repreendo. Vá embora daqui”. 

E imediatamente ele murchou, PHWWWF e voltou ao tamanho normal e foi embora parcialmente nu. Então, isso mostra que mesmo essas coisas sendo assustadoras e amedrontadoras, o poder do Deus Yahweh é muito maior. 

Creio que o relato final é de um garoto de 10 ou 11 anos que foi trazido ao nosso ministério pela mãe e que havia saído de bicicleta com um amigo. Não era um bom lugar para se andar de bicicleta. Era em torno de um grande depósito de lixo em algum lugar em Everett, creio que fica no estado de Washington. E os dois saíram para andar de bicicleta após o anoitecer e chegaram a essa região que realmente era um lugar muito ruim. Estava cheio de fogueiras para queimar o metano e enormes pilhas de lixo apodrecido. E bem no meio um ritual satânico estava sendo realizado, pois é um lugar muito comum para os satanistas realizarem suas práticas. 

Então, naturalmente, eles ficaram com medo porque viram pessoas em túnicas com facas nas mãos e cantarolando e então pedalaram para ir embora. E, de repente, havia uma coisa enorme os perseguindo. Esse garotinho era campeão em corrida de bicicleta, e disse que olhou para trás e viu uma coisa grande, disse que era maior que uma casa. E estava perseguindo os dois. E tudo o que puderam ver luz do fogo foi um enorme vulto escuro com orelhas pontudas e grandes olhos vermelhos. E pedalou o mais rápido que pôde para se salvar. Então ele ouviu o seu amigo gritando e quando olhou para trás, nenhum sinal dele. Evidentemente aquele coisa o havia pego. 

O medo o fez pedalar ainda mais rápido. Ele pedalou o mais rápido que pôde e foi capaz de ouvir, na verdade, sentir a respiração da coisa bem na sua nuca. Como que a meio metro de distância. Então ele clamou: “Oh, Jesus, me ajuda!”. Era um garotinho cristão. 

E a coisa tinha as mãos assim, com enormes garras, e arranhou seu peito, quando o garoto clamou. Daí veio um grito. A coisa havia recuado como se tivessem jogado água quente sobre ela. Mas deixou enormes cicatrizes. Três cicatrizes com 7cm uma da outra, pelo peito do garoto. Então ele conseguiu escapar e, naturalmente, foi para casa e chamou a polícia. 

Eles apareceram lá e ... Entenda que esses satanistas são mesmo bons em não deixar rastros. Eles podem, em questão de minutos, retirar tudo e ir embora sem deixar qualquer rastro do primeiro garoto que sumiu. Não se soube o que houve com ele. Certamente a polícia não estava pronta para crer que algum lobisomem houvesse pego a criança. 

Isso era inconcebível para eles. Mas, novamente, oramos com o garoto e ele apenas precisava ser liberto do espírito de medo, pois nada mais havia lhe acontecido. Mas ele ainda tinha as cicatrizes. Eram muito reais.

clip_image002
clip_image004
Bill demonstrando o ataque de um lobisomem a um menino

Que história terrível! É fantástico que ele tenha conseguido escapar!

Sim, ele teve atitude o suficiente para clamar ao único poder no
Universo que poderia impedir que o lobisomem o matasse.

Você disse que poderiam haver outros animais além dos lobisomens? Quais são?

Sim. Bem, a transformação pode ser em qualquer animal, na licantropia. Na religião dos nativos americanos, isso é chamado de pele- andante. Mas está tão considerado quanto na magia negra. Um amigo meu que era médico, pediatra, gostava de trabalhar voluntariamente em uma reserva indígena no noroeste pacífico. E um dia ele me disse, após ouvir essa história, o seguinte: “Sei que muita gente pensa que você é louco quando fala sobre lobisomens, mas sei que tudo isso é real”. Ele é muito respeitado tanto na comunidade cristã quanto na comunidade médica. Ele disse que toda vez que saía da reserva depois de ajudar as crianças, havia a avó de uma delas, uma nativa americana, coberta com uma manta parecendo um chapéu e ela o olhava furiosamente, com ódio. Era como se pensasse: “Você é cristão, saia da minha reserva!”. Isso sempre o assustava. Certa vez, depois de isso ter acontecido umas três ou quatro vezes, ele estava dirigindo e a avistou na estrada. De repente, literalmente em um piscar de olhos, ela sumiu e um enorme corvo estava no mesmo lugar no chão. Em um piscar de olhos. Ele disse que olhou com atenção, esfregou os olhos, mas o corvo ainda estava lá, olhando para ele com os mesmos olhos negros e brilhantes. E voou.

Puxa!

Ele disse que sabia era uma pele-andante. Era provavelmente
algum tipo de curandeira. Como eu disse, o meu antigo professor de vodu queria que eu me transformasse em uma tarântula. Você pode se transformar em um coiote, uma tarântula, um corvo, em tudo, praticamente.

O que mais você sabe sobre se transformar em um lobisomem?

Bem, foi por isso que não quis seguir esse caminho. Os rituais são horríveis demais. Nem vale a pena discutir, mas envolvem sacrifícios humanos e sadismos, coisas das quais nem vale a pena se falar.

E você sabe de alguma outra desvantagem de se transformar em um lobisomem, além da dor que já mencionou?

Bem, devo mencionar outra coisa, é que se uma pessoa for mordida por um lobisomem, será infectada com algum tipo de vírus ou enzima. Mas não sei se irão se transformar... Isso é coisa de Hollywood... que “se você for mordido por um lobisomem na lua-cheia”, essa conversa toda... Mas não sei se isso é verdade, pois, por outro lado, o mundo estaria infestado de lobisomens. Além disso, os lobisomens não costumam deixar suas vítimas vivas. Depois, se fosse verdade, aquele garoto teria se transformado em um tipo de lobisomem mirim. Como se entrasse para o clube. Mas isso não aconteceu. Então, ao que parece, isso só acontece se for essa a intenção do lobisomem. Deve haver algum tipo de iniciação envolvida. Outras desvantagens...? Bem, para que isso aconteça, a possessão demoníaca deve ser em alto grau. E, além disso, você está a caminho do inferno mais rápido que um relâmpago. E também fica sedento por sangue. Até mesmo quando está na forma humana. Já me disseram, pois certamente nunca fui um, que você fica constantemente sentindo a necessidade de sair e matar alguém. Então não é uma experiência agradável, principalmente quando considera que quando você finalmente morre — pois os lobisomens não são imortais — mas o que me disseram, também não sei se é verdade, é que somente podem ser mortos por uma bala de prata. E a razão disso é porque a prata é o símbolo de redenção na Bíblia. Jesus Cristo foi traído por 30 moedas de prata. E o interessante é que se você olhar o plano de construção do tabernáculo no deserto, construído por Moisés para ser a casa da Arca da Aliança, ele fora construído de prata. Toda a sua fundação era de prata. E pelo que sabemos, a prata — como o colóide de prata e coisas assim — é um bom purificador de sangue.

Nos filmes, eles mostram que as pessoas se tornam lobisomens mas não se lembram do que fizeram. Elas acordam e ficam com uma lacuna na memória. Isso é verdade?

Não acredito. Porque, por outro lado, como conseguiram cumprir as ordens que lhes são atribuídas? Se alguém diz: “Quero que você vá e mate X, Y, Z”. Como conseguiriam cumprir sua missão? Não teria sentido. Acho que isso é coisa de Hollywood.
E podem fazer isso quando quiserem? Até mesmo durante o dia?

Sim, podem sim. Esse negócio de que “só na lua cheia” é certamente hollywoodiana.

Por que é mais difícil durante o dia?

Porque os poderes das trevas estão em decadência. O sol é um símbolo do Sol da Justiça, que é o Messias, Yahushua, Jesus Cristo, que vem com cura sob suas asas, de acordo com o Livro de Malaquias. Creio que é por isso que tanto os vampiros quanto os lobisomens temem o sol e particularmente não gostam de sair sob o sol.

Quanto tempo leva para se transformar em um lobisomem?

Me disseram que é em 1 minuto.

Que rápido!

Sim. Mas certamente esse cara com a velha nativa americana disse que foi em um segundo. Então não sei ao certo. Acho que é como nos filmes, só que mais... Bem, vamos encarar, se alguém chega para você e diz: “Com licença, em cinco minutos, começarei a me contorcer, gemer e ranger e a ter os ossos quebrados. Apenas espere até que eu me transforme em um lobisomem e corte sua garganta”. Quero dizer, a pessoa sairia correndo. Então, é algo muito rápido. Já me disseram que leva cerca de um minuto, no máximo. E é claro eles não costumam esperar para fazer isso na frente da pessoa que irão matar. Fazem isso antes. Porque podem se mover com imensa velocidade. Se você tem pernas de 1,5m, pode se mover rápido mesmo.

Ouvi falar de uma história de alguém que disponibilizou um número de telefone gratuito para quem tivesse histórias verdadeiras sobre lobisomens entrar em contato e que receberam literalmente centenas de milhares de ligações. Só fiquei pensando se você tem idéias de quantos lobisomens deve haver por aí?

Sim, foi na verdade um programa de TV chamado “Lobisomem” e tinha um número de chamada gratuita. E foram inundados de ligações, mas realmente não sei. Assumo que haja milhares deles nos Estados Unidos, provavelmente um em cada grande cidade, pelo menos. Além disso, há também colônias deles, para as quais se retiram e vivem por conta própria. Porque é difícil ser um lobisomem e ter, por exemplo, uma vida de casado comum. Quero dizer, as coisas se complicam. Então eles começam a se afastar e tendem a não se casar... apesar desse bispo mórmon, que era casado, mas em poucos dias sua esposa descobriu que ele era um lobisomem. Talvez fiquem alguns pêlos de lobisomem em cima da cama, ou no quarto, não sei (risos). Então entendo que haja talvez milhares deles, mas é apenas uma suposição.

Agora, se alguém quiser ver um lobisomem se transformando, que filme podem assistir?

A pessoa que me disse isso é bastante séria... mas há uma transformação no final do filme “Grito de Horror” — no qual tentaram usar efeitos especiais, naturalmente, mas parece que não estava dando certo, pois é um filme relativamente antigo e os recursos tecnológicos na época ainda eram primitivos, então usaram literalmente um lobisomem de verdade. Eles fecharam o set de filmagem e o fizeram se transformar em uma cena climática em um escritório no qual também havia uma garota. E a pergunta é: Por que demora um pouco no filme, talvez uns dois ou três minutos? Por que a moça simplesmente não fugiu? Talvez ela tenha ficado paralisada de medo, sei lá. Mas, segundo me disseram, não é algo que sei de primeira mão, mas não tenho razões para duvidar de que se trata de uma genuína transformação em lobisomem que você vê no filme.
http://saibatananet.blogspot.com.br/2012/10/lobisomens-e-licantropia-segundo-ex.html

2 comentários:

  1. Sou marcos alves geralmente eu vejo lobisomens eles parecem que me querem do lado deles ele ficção na minha frente e não fazem nada eles a baxao a cabeça tipo dando reverência. Axava estranho. 2 dias exu falo comigo falo eles querem que você comande a matilha eu fiquei sem saber direito sei que os lobisomem que estavam aki na minha frent . Erão de ração bem diferentes tinha um gordo que era maior que todos queria saber o quê deve ser ?

    ResponderExcluir
  2. Sou marcos alves geralmente eu vejo lobisomens eles parecem que me querem do lado deles ele ficção na minha frente e não fazem nada eles a baxao a cabeça tipo dando reverência. Axava estranho. 2 dias exu falo comigo falo eles querem que você comande a matilha eu fiquei sem saber direito sei que os lobisomem que estavam aki na minha frent . Erão de ração bem diferentes tinha um gordo que era maior que todos queria saber o quê deve ser ?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...